Conheça as cidades mais seguras para se morar no Brasil

Silvana Vevelt
By Silvana Vevelt

O empresário Frederico Gayer Machado de Araujo atua no ramo imobiliário há anos, dessa forma, repleto de conhecimento sobre o assunto, entende como a segurança é um ponto ideal na hora de se escolher um imovel, dessa maneira, Frederico Gayer Machado de Araujo elucida quais são as cidades mais seguras para se morar no Brasil.

É de conhecimento geral a influência que a segurança de uma região exerce na escolha de uma pessoa que deseja comprar uma casa, terreno ou apartamento. Viver em um ambiente tranquilo e seguro garantirá maior qualidade de vida para você e sua família, afirma Frederico Gayer Machado de Araújo, por isso, a dica é escolher lugares em que há as autoridades invistam em segurança,

Nesse sentido, a cidade de Jaú, localizada a um pouco mais de 200 km de Campinas é considerada, atualmente, a cidade mais segura do Brasil. O baixo índice de mortes violentas no município confere à cidade o primeiro lugar no ranking.

O empresário Frederico Gayer Machado de Araujo explica que esse índice é feito através do Atlas da Violência – Retratos dos Municípios Brasileiros. O estudo é feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o Ipea, juntamente com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

A cidade de JAú está na categoria de municípios de até 100 mil habitantes. Em se tratando de uma população maior, precisamente, mais de 500 mil habitantes, a cidade de São Bernardo do Campo lidera esse ranking. “A cidade apresenta baixos índices se comparado a outras cidades da Grande São Paulo”, enfatiza o empresário.

Localizada no estado de São Paulo, a cidade, além de apresentar ótimos índices no que tange à segurança, São Bernardo do Campo, atua fortemente no investimento de setores como saúde, educação e saneamento básico. O empresário Frederico Gayer Machado de Araujo alega que certamente é uma boa cidade para se viver.

Share This Article
Leave a comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *