32.3 C
Brasil
sexta-feira, maio 24, 2024

Saiba algumas dicas para visitar Salvador (capital da Bahia)

- Advertisement -spot_img

Viajar é incrível e sempre devemos experimentar novas localidades. O Brasil é vasto em sua riqueza natural e cultural e por isso, sempre é magnífico conhecer suas partes. Salvador, capital da Bahia, uma das primeiras cidades colonizadas no Brasil e cheia de história é um ótimo destino para se conhecer.

Frederico Gayer Machado de Araujo vai dar algumas dicas para conhecer esse local e poder desfrutar dele como forma histórica e turística também. Começando que para você conhecer a localidade é muito importante avaliar a quantidade de dias que você irá ficar nesse lugar. O aconselhado é pegar, pelo menos, 4 dias para conhecer tudo na maior calma.

Geralmente as pessoas se preocupam muito com locação de carros. Mas no centro histórico, tudo que você vai fazer é andar, não é necessário que se faça o aluguel de algum veículo. Já para outras partes da cidade, busque levar dinheiro para utilizar Uber (bem mais prático e mais barato que aluguel).

Partindo agora para o roteiro que Frederico Gayer Machado de Araujo considera eficaz e bem diversificado, começando pelo Mercado Modelo (contando com uma bela praça em volta com venda de artesanatos nas barraquinhas) e ir desfrutando do centro, visitando a Praça Tomé de Sousa, Praça da Sé, Catedral Basílica de Salvador (decorada com ouro), Igreja e Convento de São Francisco (totalmente feita de Ouro, inclusive chamada de Igreja do Ouro), Pelourinho (famosa parte da cidade de Salvador, conhecido à vista de todos), entre outras localidades.

Outro local muito bacana de se visitar é a Igreja Nosso Senhor do Bonfim, caracterizada pela tradição, conhecida por muitos, de amarrar as fitinhas coloridas na grade envolta da igreja. Ainda mais sobre conhecer lugares, existem as lindas praias e belezas naturais também encontradas pelos viajantes, como por exemplo: o Farol da Barra, uma das primeiras edificações de Salvador bem próxima ao mar e as mais belíssimas praias de Salvador, a do Buracão, a do Forte e a de Amaralina.

Frederico Gayer Machado de Araujo indica que para se conhecer Salvador deve ter muita disposição, pois nem tudo se encontra próximo, mas de certa forma, é enriquecedor aos olhos de quem vê de perto as belezas que antes eram encontradas nos livros de História ou ainda vistos pela televisão em imagens e notícias.

Todas Notícias
- Advertisement -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here