32 C
Brasil
domingo, maio 26, 2024

Saiba quais cuidados você deve ter ao fazer compras via marketplace

- Advertisement -spot_img

Antes de iniciarmos, é fundamental diferenciar dois termos que por vezes geram dúvidas ao consumidor. Você sabe qual a diferença entre e-commerce e marketplace? Embora os dois formatos de plataforma sejam focados em vendas online, é importante ressaltar as diferenças entre os modelos de negócios. O e-commerce, mais próximo do conceito conhecido pelos consumidores, é aquele onde temos efetivamente uma loja online, podendo ser de um fabricante de produto ou de um revendedor, sem que exista um intermediador desta venda. Esse formato pode ser disponibilizado por meio de um site, plataforma ou algum aplicativo, onde a empresa apenas fornece os seus próprios produtos existentes em seu estoque, sendo a única responsável pelo contato com o consumidor, desde a venda até a entrega. Quanto ao marketplace, trata-se de um modelo mais amplo do que o e-commerce, uma vez que esse formato de venda permite a união de produtos de diferentes lojas, fornecendo ao consumidor uma maior quantidade de itens do que aqueles ofertados pelo e-commerce. Diferentemente do e-commerce, o marketplace se utiliza de um intermediador para o relacionamento entre empresa e consumidor. Lembre-se de situações em que você entrou em um determinado site, de uma grande e conhecida empresa, fez a escolha do produto e, ao final, reparou que uma outra empresa será a responsável pelo fornecimento e até entrega do produto. Estas vendas ocorrem por meio dos marketplaces.

Feitas estas distinções, muitos me perguntam se é seguro comprar através de um marketplace e a resposta é sim, é seguro. E como já vimos em outras oportunidades, é fundamental a adoção de alguns cuidados pelos consumidores para a realização de compras online. Com o marketplace não é diferente. São diversas as grandes empresas fornecedoras de plataformas marketplace, que fomentam espaço para que outras empresas realizem suas vendas. Esta contratação entre empresas é regida por um contrato que estabelece diversas regras, além do atendimento de exigências que garantem a idoneidade do processo junto ao consumidor final. Para evitar alguns problemas com estas compras, seguem algumas dicas:

Ao entrar em um marketplace, procure pelos dados e recursos de segurança, além das informações cadastrais da empresa, como endereço, CNPJ e formas de contato. No caso dos recursos de segurança, procure por selos fornecidos por empresas que atestam a idoneidade da página, os quais confirmam que a plataforma foi devidamente analisada e que possui os recursos necessários de proteção dos seus dados pessoais e bancários. Ainda como forma de se precaver sobre a segurança da página, procure pela certificação SSL, que é uma tecnologia capaz de criptografar os dados trocados entre o servidor e o dispositivo de acesso. Esta certificação SSL poderá ser facilmente identificada através das conhecidas imagens de um “cadeado verde” existente na barra de endereço do site.

Não se esqueça de que qualquer contato necessário, desde a compra até a entrega do produto, deve ser feito dentro da plataforma e nunca por outros meios. Não aceite a oferta de vendedores para que as negociações de pagamentos sejam “por fora” da plataforma, com a justificativa de que poderão antecipar a entrega dos produtos pagos por meio de transferência bancária ou por Pix. Não aceite a oferta, cancele a compra e denuncie o vendedor para o marketplace. Por fim, verifique a avaliação do vendedor na plataforma. Se informe sobre como o vendedor foi avaliado por outros compradores. Leia os depoimentos sobre a qualidade dos seus produtos, se a entrega foi feita no prazo combinado, se houve algum problema com a compra e se o vendedor deu o devido atendimento ao comprador. Se não restam dúvidas sobre as facilidades de compras através de marketplace, faça a sua parte e boas compras.

 

Todas Notícias
- Advertisement -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here